... (súplica)



Tenho te sentido tanto e em pranto
Que ao fechar os olhos me confirmo o quanto
Necessito te olhar num canto
Qualquer que se foi de nós

De um passado a não passar por amar
Imploro, que se me é proibido te tocar
Deixe-me apenas sonhar
Que ainda estamos a sós.

(Lara Gay)

3 comentários:

Gabrielle Reis disse...

Acho incrível como você sabe utilizar as palavras certas para demonstrar cada sentimento. Parabéns, Lara! Espero um dia escrever assim como você. Te admiro. Beijo!

lissa machado disse...

Apaixonada por seus textos, você é o tipo de escritora que me deixa apaixonada por cada letra, parabéns :)

@GuSabatie - Amanda disse...

Parabéens Larinha,ameei... #apaixonada :)

Tecnologia do Blogger.