...

Depois de você, não tenho pressa em amar. Me dar num canto qualquer.
Vestígios de mulher. Incompleta a minha forma de bar em bar. Passando no seu rosto em prantos. Roubando encantos. Pra pagar a alegria emprestada na próxima rodada.

(Lara Gay)

2 comentários:

Karina Belarmino disse...

Lara querida , não sei se você ler os comentários, mas não posso deixar de dizer que você escreve absurdamente bem, me sinto profundamente dentro de alguns de seus textos,.. Parabénnns!!!

A. Le Savoldi disse...

Amei este pequeno texto, só isso.

Tecnologia do Blogger.