Sem (b)ela

12:15
Hoje é o primeiro dia sem ela. Acordo pela metade. Como se uma parte de mim continuasse dormindo. Passei um mês me despedindo, e c...
3 Comments
Read

Vendo-me

20:39
Estou à venda. Vendo sombras numa tela Sugando vidas só pra ela Sobram sonhos sem acorde Acordando aos pés da morte Morro send...
3 Comments
Read

Luto.

00:49
Meu luto veio numa tarde de segunda-feira. Em estado de choque desligo o telefone e não choro. Fico parada por longos minutos sentad...
4 Comments
Read

Meu muro.

00:05
Construí esse muro sozinha. Foi feito de sangue e choro ao som de falsas promessas. Pintado à mão. Minha mão trêmula. Necessitei das...
5 Comments
Read
Tecnologia do Blogger.