No seu dia


No vazio da espera
O dia é seu e a dor é minha
Querendo ouvir a voz que não me fala mais
Sonhando com a risada que acordava a minha ressaca
Dançando a música que não é mais nossa
Aonde está você agora?
Por onde andam nossos anos de espera?
Na eterna dúvida do seu signo ou no medo que te puxa pela mão?
Abraço a solidão esperando a sua volta
Sem intenção de ferir, firo a mim e a quem vem
Sem querer me condeno por ainda te querer
Minto pro meu corpo que o seu cheiro ainda existe
O armário guarda as suas roupas na espera da sua pele
Seus chinelos passeiam em meus pés brincando de me fazer companhia
São seus olhos me beijando quando fecho os meus pra beijar alguém
Estúpida devassa que se negava no passado
Chora agora, branquela, chora até secarem essas lágrimas de saudade
E você, por que voltou depois de tanto tempo?
Pra me lembrar que nosso ódio é desejo?
Não volte mais sem me amar, menino
E não me faça te implorar que um dia volte me amando
Eu o faria!
Que o meu amor por você não me doa mais que o ódio que sinto por mim
Que o nosso tempo não tenha se desperdiçado, despedaçado, desencontrado
Ainda te encontro em sonhos... bons sonhos, menino.

(Lara Gay)

3 comentários:

mel disse...

observo o branco caindo das nuvem clara.
a depressão bate outra vez do nada
de mar sem ser convidada.
entra e me arrasta, quase me mata..
fez espetáculo
dando recado frieza implacável
mensageira profana, na manha
pegou me de surpresa na cama.
em forma de cobra arrastando sobre o peito.
me arranco do sono em desespero
sonho um dia escapar desse cativeiro.

Marta disse...

LINDO. E triste pra variar né? Amo teus textos pq vc sempre consegue dizer o q as vezes a gente não consegue explicar. Virou meu segundo texto preferido. Até já adotei "São seus olhos me beijando quando fecho os meus pra beijar alguém".

Sinto muito a sua falta.

P.S: Saudadeeees... eu te amooo!

nat1 disse...

Lindo demais!
Texto lindo, tipo virou um dos preferidos igual a Marta disse rsrsr


te amo gemula!

Tecnologia do Blogger.