O que falta


em que momento perdemos aquilo que ainda nascia?
fico quieta no canto no aguardo do meu “bom dia”
esperando em vão um manifesto de saudade
atualizando sua vida em busca de novidade

me rasgo de ciúme com seu novo sorriso
essa angústia engasgada é meu medo de me esquecer
aquela bronca e seu colo que eu ainda preciso
pedaço de mim, não sou mais eu sem você

(Lara Gay)

8 comentários:

Le Savoldi disse...

Linda!

Perfeita finalização: "pedaço de mim, não sou mais eu sem você".

AMEI ;) como todo desabafo que você escreve... parece eu mesma!

Que "o que falta" seja encontrado ou restaurado.

Beijos da flor s2

Ludibrium disse...

Não sei bem o que falar, esse texto descreve exatamente como me sinto, mas como não consigo expressar. Obrigado por isso. Parabéns.

Vanessa disse...

A cada dia que passa vc se supera.. enxerga o que poucos vê, entende o profundo de nosso ser ão bem que parece que conviveu conosco.. amo o que vc escreve e nunca me cansarei de dizer isso.. Parabéns!
Beijos

Ju lohmann disse...

eu fico cada vez mais sem chão com os seus textos...
te amo.

Belinha Lopes disse...

seu pedaço nunca faltou, não falta e nunca faltará. te amo.

Letícia disse...

A sua delicadeza e verdade ao suar cada palavra, me deixa realmente impressionada. Parabéns Lara, excelente texto. Beijao linda =*

Jso disse...

Respiro mais fundo depois de te ler...

Vero #2 disse...

Maneirissimo! Parabéns!

Tecnologia do Blogger.