História deles dois


Entre delírios se viram.
No meio de entorpecentes, bebidas, música alta, gente estranha, roupas rasgadas e toda aquela insanidade se conheceram
Corações disparados e arrepios indecentes... o famoso amor à primeira vista, que nunca acreditaram, estava invadindo aquelas duas vidas tão perdidas em becos sem saída.
Sentaram num canteiro e trocaram confidências e beijos até o sol nascer... a troca de telefones veio por último com sorrisos sinceros e olhos virados.
Partiram.
Se encontraram outras vezes entre filmes e festas.
Foram transformando rastros em pegadas e colorindo paisagens com momentos intermináveis.
Esqueceram antigas dores deixando pra trás toda a loucura que viviam até então.
Compartilharam a cama, dividiram amigos e famílias, aprenderam a respirar fundo juntos, disseram “sim!” com lágrimas de felicidade.
Suportaram brigas, enfrentaram dificuldades, deram as mãos e seguiram em frente.
Sentiram a sensação inexplicável de ouvir o primeiro choro do neném, de registrarem o primeiro passo e de ouvirem a primeira palavra.
Escreveram sua história com a simplicidade do dia a dia e a lealdade de cada noite.
Chegou ao fim.
Será que é fim?
Sem se saber o porquê.
Alguma coisa de repente mudou.
O brilho dos olhos se perdeu no beco sem saída que eles viviam antigamente.
Um detalhe acabou.
Ninguém nunca soube explicar.
Seguiram rumos diferentes, cada um levando consigo sua dor e sua parte.
E quem é capaz de dizer que não deu certo?
E quem tem a coragem de dizer que não foram felizes?
Se completaram e se preencheram pelo tempo que deviam.
Duas vidas, agora separadas, mas ainda ligadas por um passado, por um futuro, por uma alma, por um fruto.

... Por amor.


(Lara Gay)

8 comentários:

Fã-Clube Jullie disse...

eu super acredito nisso...

Marcelo Mayer disse...

ligados por lembranças, como numa fita de cetim. podem se quebrar facilmente. é, o amor é mesmo perigoso.

belo!

Sinhá Flor disse...

Nossa, fiquei sem ar!!! O amor de verdade ele nunca acaba, ele apenas fica ali, guardadinho, se transforma, se materializa em lembranças, o amor só existe em quem é verdadeiramente capaz de amar!!!
Parabéns amigaaaaaaa, texto lindíssimooooooooooooo

ANDRÉ PIMENTEL disse...

em cada post uma deliciosa poesia...eba vc esta me seguindo. aem de mim mesmo é unica. estamos bem só nós dois lá hahahaha bj

Sara disse...

É muito bom ler-te...muito bonito.

"Não chores pelo que perdeu, fique feliz pelo que aconteceu..."

Mário Liz disse...

que leveza ... é quase uma prosa poética ...

tem cheiro de música tb

algo entre violão e vinho ...

perfeito

Inês disse...

Aaaaai, que textos mais lindinhos, adorei esse blog tão colorido (de cores, sons e outras coisas!

Um abraço da nova companheira que vagarolando por aí encontrou você!

Juliana Lohmann disse...

Me deu vontade de chorar.

te amo... tanto! você é tanta luz, tanto espírito, tanto sentimento, tanto olho, tanto brilho...

Tecnologia do Blogger.