26 de outubro de 2009

a Marca de uma pata


te ofereço meu riso pra confortar seu pranto
e o barulho da chuva pra acalmar seu canto
todas as flores e o cheiro de mato molhado
o chocolate derretido e do mel um bocado
te protejo no meu colo vadio
entre noites e dias de solidão constante
aquecendo seus pés do frio
e tirando retratos da estante
ouço lamentos de um amor no fim
e em silêncio aceito sua certeza
guardo sua dor bem junto a mim
você revela a força no limite da fraqueza
ponho pétalas no seu primeiro passo
esperando a dança de uma alma em festa
um sorriso que ocupa o novo espaço
a liberdade em seus dedos se manifesta
o brilho de um ser abençoado
com um futuro esperando uma caminhada
romances num papel despedaçado
roupas e beijos numa esquina largada
sigo ao seu lado sem rumo sem placas
perdidas no encontro e de mãos dadas
te cubro de preces
te encho de cores
a marca de uma pata
entre amigas e amores

(Lara Gay)

10 comentários:

Michelly Barros disse...

Lindo! Lindo como vc, lindo como ela.
Tão bebê, tão mulher
Tão branco
Tão deusa...

Um beijo pras mulheres da minha vida; ela, a outra e eu.

Amo vocês

plantarj disse...

sabia que a cada texto que eu leio seu eu fico mais orgulhoso de vc, né?
te amo, minha peste!

parabéns pelas idéias e mãos mágicas! :)

Marcelo Mayer disse...

que liberdade poética! não licença, mas liberdade! cada verso é como um cotidiano a quem se declara estar confortável!

muito bom!

vanessa disse...

Sempre venho aqui e fico encantada com o que leio!!
Sou super fã do seus textos!!
Cada um mais lindo que o outro!!
PARABENS!!

Bjaum
Vanessa Passos
,*

Sara disse...

Muito bonito, uma delícia este jogo de palavras...bjs

Joyci Dias disse...

Seria mesmo só a marca de uma pata? Creio que seja a marca de duas almas, de duas vidas, que se encontraram, se entrelaçaram, se completaram, se pertencem!

Amo suas palavras, ainda mais quando ela acaba por ser dedicada a uma pessoa tão importante pra mim, a minha diva, a minha vida.


Beijos, Lara.

Sinhá Flor disse...

Ai Larinha, ler um texto seu é emociante!!! Você fala com a alma, é como se conseguisse colocar a alma no texto, sei lá,..., lindo o texto parabéns!!!

jessicadeverdade disse...

Sigo ao seu lado sem rumo e sem placas...Lindo Lara!!!

Gaby disse...

A cada dia que passa seus textos ficam melhores e melhores, e mais lindos e mais gostosos de ler!

Minha Fada Branca voando entre poemas e palavras soltas, entre ideias simples e rebuscadas!

Amo muito!

Juliana Lohmann disse...

Eu choro.
Por saber que inspiro isso, choro.
Por saber que tenho alguém, choro.
Por me achar em tuas palavras
Em tua pessoa, em teus gestos,
Choro.
Choro com a beleza das tuas palavras entrelaçadas como música aos meus ouvidos
Música tua, música minha
Minha musa
Choro na integração de alma
Inexplicável
Tão... tão.

Obrigada.