15 de outubro de 2009

Deixa ela ser.


deixa a cantora gritar
sua voz que invade palcos levando alegrias cantadas pra corações solitários
deixa ela pular vestida em cores fortes
ofuscando vistas alheias que procuram incontrolavelmente respostas pra passados e presentes
com rosas cintilantes, amarelos fuzilantes , verdes florescentes e vermelhos vívidos
deixa a cantora ser quem ela é
sua forma peculiar de andar no salto alto
o jeito meigo de menina inocente que esmaga gaviões na palma de sua mão
que engole insultos com uma fome de leoa
que mostra que chegou na pose fatal de ariana
deixa a cantora brincar de ser atriz
se arriscar em mil teatros
conquistar diversos públicos
ser a Alice, a branca e a gata borralheira
todas as mulheres que existem em sua delicada forma mutante
deixa a cantora guardar segredos
revelar sentimentos
fechar os olhos diante de gigantes e pequenos
deixa ela cantar no país das maravilhas
e aceite sua realidade encantada
a cantora se mostra completa a cada melodia
e conquista seu lugar a cada nota aguda
deixa ela ser...

(Lara Gay)

4 comentários:

Larissa disse...

hey jullie

Marcelo Mayer disse...

take a sad song, and make me better

Michelly Barros disse...

retrato digno de um ariano =)

Alice disse...

adoreeeeeeeeeeeeei, melhor homenagem q eu poderia receber!