14 de outubro de 2009

Cansaço


O sol já nasceu.
E eu volto pra casa descabelada, com o salto na mão, meio bêbada e com o dinheiro contado.
Venho chutando latas e ouvindo sua voz em minha mente, lembrando dos seus movimentos no ritmo da música, do contratempo da sua risada e de cada detalhe novo que pude captar nas horas permitidas por mim mesma em discretos olhares.
Não podia perder nem um segundo da sua respiração ao meu lado, queria sentir seu cheiro o mais próximo possível, mesmo sendo impossível com a distância dos nossos corpos.
Tentei em vão disfarçar durante a noite toda, o pedaço de coração que pulsava em minhas mãos.
Tentei em vão disfarçar os arrepios que sentia só de você passar por mim.
Tentei em vão disfarçar minhas confusas respostas monossilábicas pras suas perguntas simples.
Um medo de te encarar e você perceber tudo que não digo na transparência do meu olhar... fixo... nos seus olhos...
Pego um copo e encho até a borda, levanto na pose e dou uma gargalhada pra fugir de sei lá o quê que me domina toda vez que você se aproxima.
Encontro funções e pretextos pra me movimentar o tempo todo na esperança idiota de não parecer nervosa.
Tropeço em sapatos, tapetes e desejos... tudo espalhado no meu caminho até você.
Chego cambaleando.
Culpa do álcool... me defendo.
Melhor ir embora, a noite já se foi.
Entro no elevador, me olho no espelho, descalça, meia calça rasgada, cansada...
... sento no chão e te sinto...
Como da primeira vez
Eu já te toquei um dia?
...
Quanto tempo ainda leva pra eu entrar na sua vida?

(Lara Gay)

6 comentários:

Michelly Barros disse...

pqp! adorei! lindo, branca. acho que esse entrou pra lista dos meus-seus favoritos. tocou fundo, bem fundo...

Marcelo Mayer disse...

são tantos cinco minutos, que ainda existirão muitos 5 minutos.

raai. disse...

quando você encontra-lo você percebera que amava ele antes mesmo de conhece-lo
isso pode levar dias ou anos e se levar anos, você pode achar que o encontrou diverasas vezes :D

;* adorei aqui

Américo Pastor disse...

Muito bom... sensível sem ser piegas.

Podia virar um curta...

Parabéns

Katrina disse...

eu tropeço sempre nos meus pedaços

=*

Thiago Neri disse...

Muito legal Leoa. Curti bastante!