13 de junho de 2009

Branca de neve


me tornei uma pessoa fria.
aonde está aquela menina sonhadora de pés descalços que corria pelo play brincando de pique esconde?
acho que ela se escondeu no meio da realidade e não acha o caminho de volta pros seus sonhos.
aquela menina se permitia mergulhar no mar com ondas mesmo sem saber nadar.
ela arriscava o desconhecido, ela se entregava às paixões, ela sofria por amor...
aquela menina colecionava papéis de carta, agora ela coleciona cicatrizes.
seu mar não tem mais ondas, e ela fica parada na beirinha só observando o marasmo.
suas paixões são ocultas e seus amores são mentiras.
ela não pula mais corda, ela pula buracos.
ela não escreve poemas, ela escreve dores.
seu coração não acelera mais e suas pernas não tremem.
ela se tornou uma pessoa desconfiada.
aonde estão seus diários com corações e inicais?
aonde estão seus segredos mais íntimos e seus sonhos mais impossíveis?
aonde está a menina?
a branca de neve brincou de pique esconde fora dos contos de fadas e nunca mais achou a saída dos fatos reais.


(Lara Gay)

2 comentários:

jessicadeverdade disse...

Triste...lindo...

Carol disse...

Seus textos são incríveis.